• Francisco Weyl

Vencedores do FICCA serão conhecidos no dia de N.Sra. da Conceição


Em Bragança do Pará, hoje é dia de procissão de São Benedito, que, entretanto, não ocorre, em razão da pandemia.

Dia 8, portanto, é quando o Santo chega e FICCA.

Este deslocamento do Santo preto desde a Vila do Camutá pelas águas do rio Caeté, até o núcleo urbano de Bragança é o que determina o começo do FICCA.

Há oito anos que o FICCA acontece no Município de Bragança, ainda que tenha atravessado oceano e sido realizado em Portugal e África (Cabo Verde), o festival nunca perdeu a sua razão de ser original, qual seja a de afirmar a Amazônia e o grande Caeté.

Hoje sediado no Centro Cultural Cineclube Casa do Professor – praia de Ajuruteua, o FICCA realiza a sua sétima edição, que já selecionou dezenas de filmes para mostras não-competitivas.

E logo na sessão de abertura, a jornalista Luciana Medeiros vai anunciar os dez filmes vencedores das dez categorias à concurso no VII FICCA.

Este ano, além das tradicionais categorias longa, média, e curta, e doc, o FICCA vai premiar o melhor filme experimental, animação, e ainda o melhor videoteatro e melhor performance audiovisual.

Os filmes vencedores serão exibidos dias 9 e 10 DEZ pelo canal do Youtube do FICCA.



SERVIÇO

O QUE: Anúncio e exibição dos filmes vencedores do VII FICCA

QUANDO: 8.12

HORA: 17h

ONDE: LINK

https://www.youtube.com/c/FiccaFestivalInternacionaldeCinemadoCaet%C3%A9



© FONTE: Ficca – Festival Internacional de Cinema do Caeté

Criador e Diretor – Francisco Weyl



16 visualizações0 comentário