top of page
  • Foto do escritorFrancisco Weyl

Sessão da meia-noite terá "Di Cavalcanti" no Sítio Nígria, em Bragança

Depois de incorporado pelo IX FICCA, o projeto A IDADE DA MORTE pautou dois filmes para Dezembro, no âmbito das ações cineclubistas do festival.

Uma delas ocorrerá em Bragança do Pará, exatamente no Sítio Nígria, um dos mais antigos parceiros do FICCA.

A sessão terá apresentação do professor de História, Walcyr Kauê, seguindo-se de dialógica com Mateus Moura e Francisco Weyl, idealizadores do projeto A IDADE DA MORTE, que começou em Agosto de 2023, com intuito de revisar e discutir a polêmica obra do criador do cinema novo brasileiro.

A sessão foi encaixada no único horário disponível na maratona de ações do FICCA, que acontece em dezenas de espaço e em três países, com estreia de filmes, além das mostras competitivas e não- competitivas, bem como oficinas.

À meia-noite, portanto, começa a projeção que será caracterizada por uma fogueira em volta da qual haverá também leituras de poemas.

Dia 2.12, meia-noite, no Sítio Nígria, Avenida dos Bragançanos, S/N, defronte o IFPA.

Belém, 28 de Novembro de 2023

CARPINTEIRO DE POESIA Francisco Weyl

Diretor do Ficca


FICHA TÉCNICA

Di Cavalcanti (ou Di Cavalcanti Di Glauber, 1977)

Direção: Glauber Rocha

Narração: Glauber Rocha

Sinopse: O cineasta Glauber Rocha homenageia o falecido amigo Di Cavalcanti, importante pintor barsileiro, através de uma colagem de imagens, combinada a uma filmagem de seu funeral e a um discurso.

A homenagem em forma de curta documental que o cineasta Glauber Rocha, nome importante no Cinema Novo Brasileiro, faz ao pintor Di Cavalcanti é tudo menos convencional. Ele mistura poesia e deboche em um delirante exercício audivisual que, apesar de estranho, é marcante



16 visualizações0 comentário
bottom of page