top of page
  • Francisco Weyl

FICCA lança filme do fotógrafo Bruno Cecim sobre a obra do pai Vicente



O VIII FICCA se associou ao filho de Vicente Cecim, o fotógrafo e também realizador Bruno Cecim, resultando deste encontro o documentário “Vicente Cecim O Serdespanto – Viagem a Andara”, de Bruno, e a Mostra “O Cinema Invisível de Vicente Cecim”, que é permeada por filmes de Bruno Cecim, num recorte no cordão umbilical, com a sensibilidade poética de quem viajou à Andara pelos acalentos de Vicente e da mãe, Iara.

A mostra revela os rizomas do metafísico Cecim da AmazoÔnia na sua dimensão cinematográfica de quem como ele, começou com Super-8 milímetros, mas também utilizou o vídeo, 30 anos depois, sendo que os filmes do escritor e filósofo na década de 1970 ousavam experimentar o potencial da linguagem cinematográfica na sua extensão metafísica e surreal.

O seu “kinemAndara – o cinema do invisível” foi um olhar poético e surreal à Amazônia na Década de 1970, que Vicente Cecim lançou como uma provocação à arte daquele período, e seu onirismo criativo se espraiava entre o real e o imaginário, como poesia visual cinemanovista que dialogava com Glauber e Zé do Caixão, Godard e Felini.

O documentário "Vicente Cecim O Serdespanto – Viagem a Andara” é uma viagem feita pelo filho de Vicente Franz Cecim, na companhia de amigos e pessoas próximas ao escritor, poeta e cineasta amazônida, falecido em 2021.

De forma não linear a produção visita o universo de Andara, criado por Vicente Cecim, de como ele sentia e sonhava a vida, relatando o percurso que fez para enxergar um mundo oculto, nos trechos do "Livro Invisível" os livros visíveis de Andara, assim como nos filmes que os chamou de KinemAndara.

O vídeo analisa parte da vida e das obras deste grande escritor que transfigurou a Amazônia numa metáfora.

SERVIÇO

Estreia do filme “Vicente Cecim O Serdespanto – Viagem a Andara”, de Bruno Cecim

Cine Líbero Luxardo, 14 de Dezembro, 16h

ENTRADA FRANCA

© Realização VIII FICCA


...

O FICCA é um festival aberto, inclusivo e descentralizado, que ocorre o ano todo mas cuja culminância acontece entre 8 e 10 de Dezembro, entretanto, este ano, em razão da Copa, algumas atividades foram antecipadas e outras tiveram suas datas transferidas, com o festival se adaptando às demandas das realidades das comunidades com as quais ele dialoga no momento da sua instalação coletiva.

...

VIII FICCA é organizado pela ARTE USINA CAETÉ, em parceria com o Centro Cultural Cineclube Casa do Professor, Cineclube Amazonas Douro, WFK-Direitos Humanos, Multifário Arte, com patrocínio do Governo do Pará, via Lei Semear/Fundação Cultural do Pará, Prêmio Preamar/Secretaria de Estado da Cultura.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page